"A Vingança de uma Mulher de Meia Idade" de Elizabeth Buchan

"Rose Lloyd é o exemplo de uma mulher de meia idade bem sucedida. Criou dois filhos, a sua carreira profissional mantém-se em ascensão e adora o marido, com quem trabalha e vive há largos anos numa bonita casa. Parece uma história perfeita, comum a tantas mulheres que lutaram para atingir a estabilidade nos vários níveis, conciliando o trabalho com o amor e a maternidade. Só que um dia, num momento que lhe pareceu extraído de um pesadelo, Rose é confrontada com o inimaginável: o seu casamento chegou ao fim. E agora que o mundo desabou sobre ela, o que irá Rose fazer? Depende do marido economicamente e afectivamente e não se imagina sequer a viver sem ele. É precisamente a partir daqui onde reside a originalidade desta obra, assistindo o leitor a um recomeçar de uma outra vida, com determinação, motivação e esperança, rumo a uma nova estabilidade. Mas desta vez sozinha, vingando-se do marido através da capacidade que teve em emancipar-se, deixando no passado as memórias de uma vida conjunta e encarando o futuro sob uma perspectiva confiante. Um livro de grande sensibilidade."



A Minha Opinião:
Numas das minhas idas à Biblioteca Municipal da minha cidade acabei por trazer este belo livro.
Rose é uma mulher realizada tanto pessoal como profissionalmente. Tem uma familia equilibrada e trabalha como critica literária numa revista.
Fiquei logo na 1º página maravilhada com Rose descreve os seus sentimentos em relação aos livros, mesmo tendo muitas vezes de os ler por obrigatoriedade do trabalho:

"Para mim, os livros continuavam prenhes de promessas, e continham uma sensação de possibilidades, de qualquer possibilidade. Em épocas instáveis eram salvadores e salva-vidas, e quando eu era mais nova mostravam-me todos os eferes e erres como tomar uma decisão. Ao longo dos anos em que trabalhara com eles, tornara-se quase uma segunda natureza classificá-los com o toque." (pag.13)

Mas voltando à história! Rose vê a sua familia desmoronar-se quando o marido a abandona por uma mulher mais nova e a estocada final dá-se quando perde o emprego que tanto gosta.
Ao contrário de todas as expectativas Rose consegue erguer-se e seguir com a sua vida em frente dando ainda todo o apoio à sua familia em ruinas e ao próprio ex-marido.
Uma história de Amor pelo próximo, mas mais importante que isso sobre o Amor que temos de ter por nós mesmos.

Sem comentários: