13 gotas ao Deitar,

"Quantas mulheres existem na cabeça de Maria Marina Silveira Figueiroa?
Marina, que às vezes é Odete, outras dá pelo nome de Maria Eduarda e ainda responde como Francisca, é surpreendida por um telefonema do banco: tem uma dívida ao IRS e a sua conta bancária está penhorada. Desesperada e sem dinheiro, decide recorrer ao amante de Maria Eduarda, Lourenço, inspector da Polícia Judiciária, que, às tantas, deixa de atender o telemóvel e de responder às mensagens. Quando menos espera, a notícia cai como uma bomba: Lourenço é encontrado morto. Maria Eduarda é detida por suspeita de homicídio e, quando tudo parecia resolver-se, Henrique, o namorado de Marina é assassinado. Acto contínuo, os dias de Maria Marina são passados na Judiciária e é aí, entre um interrogatório e outro, que conhece D. Querida Flor Cerqueira e se apaixona por Couto Pinto. E o verdadeiro mistério começa então a desenhar-se…
A história, nascida da imaginação de seis autoras, promete personagens e uma prosa bem vivas, apesar das mortes que vão ocorrendo, é bom de ver. Este romance constituiu um divertimento para as seis escritoras que se encontraram (reencontraram num caso ou noutro) pelo prazer de dar largas à imaginação e escrever uma comédia irresistível."

A Minha Opinião:

Gostei bastante
Uma história verdadeiramente hilariante!
Lê-se de um folego, com muitas gargalhadas pelo meio.
Confesso que estava à espera de algo mais grandioso, escrito a 6 mãos, mas mesmo assim não me desiludiu ;)
Um excelente livro para se ler nas férias!

(Mais uma vez obrigado à Fbeatriz e ao Site Segredo dos Livros)

2 comentários:

Marta disse...

Olá Betita

Ai, ai mais um para a minha listinha. E as leituras andam tem lentas para os meus lados.
Gostei de mais esta sugestão
Beijinho

Maria Manuela disse...

Mais um comentário muito agradável a este livro.
Tem que ser efectivamente uma das minhas próximas leituras... e ele já está a aguardar na minha estante

Beijos
Continuação de boas leituras