"Nunca te Perdi" de Linda Howard

"Milla Edge mudou-se recentemente para o México, onde o seu marido David, foi colocado como médico. A vida deles é um sonho. Acabaram de ter o primeiro filho, e estão tremendamente apaixonados. Ambos se deliciam com a nova vida, e Milla está no auge do seu brilho maternal quando lhe roubam o bebé Justin das suas próprias mãos.
Uma década mais tarde, Milla é uma mulher diferente.
O casamento há muito que terminou e a sua vida é totalmente dedicada à Organização Não Governamental que lidera: Finders. À caça de criminosos, ela percorre os lugares mais desoladores do mundo à procura de crianças raptadas (incluíndo o seu filho que nunca aceitou perder). Dois homens cruzam o seu caminho: True Gallagher, um dos grandes mecenas da sua instituição, e Diaz um perigoso mercenário, tão interessante como misterioso. Quanto mais Milla se aproxima das respostas, maiores são os perigos que enfrenta. E ninguém brinca com os cabecilhas das redes de tráfico infantil."


A Minha Opinião:
Este é o primeiro livro desta autora que eu li e simplesmente adorei!
Milla tinha toda a felicidade do mundo, um casamento feliz e um filho recém nascido, mas tudo termina quando numa ida às compras o filho lhe é arrancado dos braços e ela fica gravemente ferida.
O seu objectivo de vida passa a ser encontrar Justin a qualquer custo.
Milla cria uma organização que procura pessoas desaparecidas, sobretudo crianças, o seu casamento acaba e todos acham que ela deveria segir com a sua vida e parar a busca incessante pelo filho já que é uma causa perdida.
Um filho uma causa perdida???
Milla não desiste e depois de muitas batalhas, algumas onde foi a perdedora, mostra a tudo e a todos o que é realmente ser Mãe.
Fiquei verdadeiramente extasiada com esta MÃE, pois ser Mãe é Amor e foi isso mesmo que Milla demonstrou.
Acho que muito boa gente deveria ler este livro e ver que uma criança não é um objecto que se disputa de forma fria e calculista, de forma egoista apenas pensando que "é a minha criança é comigo que deve ficar!".
A nobreza dos actos de Milla encheram-me o coração.
Para apresentação da Autora é um livro excelente!

(Muito obrigado Fbeatriz por mais este precioso livro!)

7 comentários:

Marta disse...

Olá

Bem, mais uma vez fiquei encantada com a tua resenha e com uma vontade louca de ir até à livraria...
Mas a pilha lá em casa já esta enorme!!
Como eu gostava de poder ler a um ritmo mais acelerado, para devorar mais livrinhos...
Obrigada por mais esta partilha e continuação de boas leituras.

Beijinho

Migalhas disse...

Bolas, tu começaste bem! Eu devia ter saltado directamente para esse sem passar pelo primeiro que foi editado cá ;)
Gostei de te ler e vai ser uma das minhas próximas leituras.
Beijinho e boas leituras :)*

Paula disse...

Gostei bastante do comentário e vou colocar o livro na "Wish list".
Pelo que li do teu comentário...uma mãe leoa, como todas as mães devem ser!!

Abraços!

Homem do Leme disse...

Apesar de não estar na minha lista de livros a comprar, tenho muita curiosidade sobre este livro. Já li p primeiro capítulo e parece muito interessante. Quem sabe se não o comprarei...

Bia disse...

Oie!
Li esse livro há pouco tempo e também fiz uma resenha sobre ele no meu blog - aqui no Brasil foi lançado com o nome de "Reencontros".
Também achei maravilhoso e está na lista dos meus preferidos!

Bjs

Liliana disse...

Li-o há pouco tempo e adorei. Também foi o primeiro que li da escritora e fiquei positivamente surpreendida :)

Beijos

Marta disse...

Olá Betita

Sem duvida, é uma história comovente sobre o rapto de um bebe com semanas de vida. Uma mãe que sacrifica o seu casamento e dá inicio a uma luta por ideias que não podem ser esquecidas. Um amor imenso pelo filho e uma dedicação incrível a uma causa tão nobre.

Adorei imenso
Beijinho