"Traição", de Lyndsey Harris e Andrew Crofts

"Sarah Harris era uma criança feliz e apreciada por todos. Até se tornar, repentinamente, no alvo de um inimigo perigoso mas invisível — e a sua vida, e da família, transformou‑se num verdadeiro inferno. Em pouco tempo, a menina de seis anos foi suspensa da escola, alienada pelos amigos e vítima de suspeição no seu próprio lar.
Para a mãe, Lyndsey, foi como viver para além dos seus piores pesadelos. A filha que tanto amava parecia ter‑se transformado de um dia para o outro numa criança de quem quase tinha medo. A sua menina fazia o impensável: cortava tudo e mais alguma coisa, tentava envenenar os amigos, e chegou inclusivé a acusar os próprios pais de abuso sexual.
Em breve, o casamento de Lyndsey ficou à beira do abismo, os serviços sociais ameaçaram retirar as crianças aos pais e Lyndsey teve de lutar com todas as forças para manter a família unida. Mas o pior estava ainda para vir, quando Lyndsey descobre que foram todos vítimas da traição mais dolorosa…"

A Minha Opinião:
Um relato arrepiante sobre como uma "verdadeira" Amizade que torna a vida da familia num pesadelo, sobretudo a vide das crianças.
É assustador pensarmos que existem pessoas assim, completamente desiquilibradas não olhando a meios para ter todas as atenções sobre si mesmas.
Um livro que todos deveriam ler, em especial as pessoas que têem o mau hábito de abrir as portas de sua casa e do seu coração aos "Amigos" sem questionar nada, pensado sempre de boa fé... é o meu caso :(
Um conselho: as crianças apesar da sua inocência vêem sempre "mais longe" do que os adultos, por algum motivo se costuma dizer que "A verdade sai sempre da boca das crianças.".

(Bem haja Fbeatriz e ao Site Segredo dos Livros!)

Sem comentários: