O Prenúcio das Águas, Rosa Lobato Faria



"Tendo como pano de fundo uma aldeia condenada a ficar submersa pelas águas de uma barragem, cinco narradores falam de si, completando, à medida que o fazem, uma história a que só o leitor terá direito..."


A minha opinião:

Simplesmente lindo!
Já me tinha aconselhado esta autora, mas não sei porquê sempre tive alguma renitências em relação a ela... Fiz mal!

Tem uma escrita melodiosa que nos envolve da primeira à ultima linha.
No desenrolar da história e nos relatos de vida dos vários personagens descobrimos lendas, costumes do Alentejo, as suas vivencias e apercebemo-nos também dos sentimentos de toda a população em relação ao facto de deixarem a aldeia Rio do Anjo para esta ficar submersa pelas águas da barragem.

Foi um história que me cativou desde inicio talvez porque eu própria fui à verdadeira "Rio do Anjo" (Aldeia da Luz) e pude sentir o estado de espirito da população... e até mesmo dos visitantes como eu.
Ao olhar a Igreja, o Pelourinho e a pequena fonte que havia no centro da Praça Principal, os bancos do Jardim... como era possivél que tudo aquilo fosse ficar debaixo de água!
Enfim...
Voltando ao livro, gostei mesmo muito e a Autora é mais uma a acrescentar à lista.
Agora, aqui vos deixo uma imagem da belissima Aldeia da Luz que está lá, no fundo da Barragem...

(Bem Haja PontoVirgula pela oportunidade ;)

Sem comentários: