"A Última Viagem de Valentina", de Santa Montefíore

Após o final da Segunda Guerra Mundial, um aristocrata excêntrico é assassinado no seu palazzo italiano. Vinte anos mais tarde, este crime por resolver toca a vida de Alba, uma rapariga que vive num barco em Chelsea, na década de 1960.
Entre estas duas épocas estende-se uma narrativa de amor, decadência e traição que conduz Alba até à costa de Amalfi, ao drama da guerra e à decadência da tragédia. O passado ressurge, revelando uma teia secreta de resistentes e nazis, de camponeses e condes e, no centro de tudo, uma fascinante e misteriosa mulher -  a sua Mãe.
Alba não irá investigar apenas um homicídio: investiga igualmente uma verdade proibida, e o que descobre no passado é doloroso, mas é a porta para o seu próprio futuro.
De escrita sensual e emotiva, Santa Montefiore apresenta assim um intemporal épico recheado de suspense e mistério que conduz o leitor até à aristocrática Londres e à Itália dos anos 40, quando a ascensão nazi singrava pela Europa.



A Minha Opinião:
Mais uma vez a autora leva-nos para um cenário marcado pela II Guerra Mundial, personagens com recordações, com personagens sempre envoltas em grande mistério. Mas desta vez não visitamos a Argentina... Em "A Ultima Viagem de Valentina" viajamos até à bela Itália, a uma ilha Encantada onde apesar do triunfo do amor em tempos de guerra, a tragédia e o misticismo acabam por tomar parte da história.
Alba viveu toda a sua vida sem nunca poder falar sobre a Mãe: Valentina, uma italiana lindissima que o pai conheceu durante a Guerra e que morreu alguns dias após o seu nascimento.
Vivendo uma vida libertina, a bordo de um barco, tentando a todo o custo chocar o pai mas especialmente a "terrível" madrasta que ocupou o lugar de sua mãe, Alba define um plano para conseguir descobrir tudo aquilo que sempre quis saber sobre a sua mãe e o casamento de seus pais.
A chegada a Incantatatta, depois de uma tortuosa viagem, é como um sonho! O reencontro com os familiares de sua Mãe, com as suas coisas e com os lugares onde os seus pais tanto se amaram tornam Alba em alguém diferente... mas como sempre nos livros desta autora nem tudo é o que parece ;)
Depois claro que temos também o grande amor de Alba, que à medida que a história avança ela descobre e redescobre... um final mais uma vez cheio de grandes surpresas ;)

Sem comentários: