"A Andorinha e o Colibri", de Santa Montefíore

"George partiu para a guerra. Rita, a namorada de infância, alegra-se com o seu regresso mas cedo percebe que o homem que amava mudou. Distante, guardando para si as histórias de guerra que o atormentam, aceita o convite da tia e parte para a Argentina. Não quer contudo que Rita o acompanhe. Ela promete esperar, mas muito acontecerá até ao seu regresso a Devonshire. Uma tocante história de amor e auto-descoberta entre a Inglaterra e a Argentina do pós-guerra. George partiu rapaz, regressa homem. Para trás deixou a pequena vila rural onde nasceu e onde planeara viver toda a sua vida (ao lado de Rita). Mas quando volta à terra Natal George não é já o mesmo. Inquieto, incapaz de assentar, decide aceitar o convite da tia que tem uma quinta na Argentina e parte sem a noiva de infância. Ela ainda promete esperar, e também ele espera voltar a apaixonar-se por ela, mas cada um vai viver a sua própria vida, em continentes diferentes. Voltará o destino a uni-los? Uma intensa saga de família, reveses, amor e reencontros, a envolver-nos do princípio ao fim de mais um romance assinado por Santa Montefiore."

A Minha Opinião:
Pois é, parece que esta é a minha Autora do mês :P
Terminei à pouco mais este excelente livro de Santa Montefíore e tenho de confessar que mais uma vez adorei.
Rita esperou anos o regresso do deu grande Amor. Após uma guerra em que muitas vidas se perderam, era um benção ele regressar são e salvo para os seus braços. Foi um sonho os dias que se seguiram ao seu regresso, até ao momento em que George decide que antes de casarem tem de viver a sua juventude desperdiçada no tempo de guerra. George parte assim para a Argentina deixando para trás Rita e um sem fim de promessas... mas tudo muda!!!
A partir daqui dão-se os mais variados acontecimentos que enriquecem ainda mais a história dos dois personagens principais tornando este livro em mais um tesouro desta excelente autora :)
As personagens são todas bastante marcantes, desde a pequena Eddie que tem como animal de estimação um morcego, até a Dolores a cozinheira carrancuda da grande fazenda na Argentina.
Quanto às aves, elas são uma presença dominante em toda a história, fazendo companhia à "bruxa" e aos seus gatos ;)
George faz as suas escolhas, assim como Rita acabará por também ter de se decidir a seguir com a sua vida...
Se ainda não leram nada da Autora nem imaginam o que estão a perder ;)

Sem comentários: