"Flores na Tempestade" de Laura Kinsale

"Christian era um dos homens mais brilhantes e sedutores da alta sociedade inglesa. Um libertino que despertava paixões avassaladoras até que um trágico ataque o condena a um mundo de silêncio, sombras e loucura. Christian perde a capacidade de falar e a família coloca -o num sanatório , crente de que perdeu a razão. Maddy, de nascimento modesto e com um a alma simples e generosa , fica presa a este homem que lhe desperta sensações novas . Um homem que oscila entre a raiva e a frustração de estar preso ao silêncio, que a repele, mas que necessita da sua atenção e do seu carinho para o tirar daquele tormento solitário. A amizade que nasce entre os dois transforma-se num amor arrebatador. Fonte de necessidade , de desejo … e de uma paixão redentora. Laura Kinsale, autora best-seller norte-americana, traz-nos um dos romances de amor mais belos e originais de sempre. Uma história apaixonante e inesquecível que se converteu numa das novelas românticas mais elogiadas pela crítica e pelo público em todo o mundo."

A Minha Opinião:
Confesso que não estava à espera de me "embrenhar" tanto com este livro.
Uma história de Amizade muito bonita, que com tantos problemas para enfrentar acaba por se tornar num Amor capaz de vencer tudo e todos, desde as crenças e educação de uma vida, aos mais inesperados inimigos.
Dentro da literatura do género este é sem duvida o melhor livro que li até hoje, a história está muito bem estruturada e é-nos apresentada de forma calma, mas sempre com o cuidado de nos aguçar a curiosidade com algumas pistas deixadas subtilmente.
Deixo aqui uma pequena curiosidade acerca da personagem de Missmaddy ;)

Quaker é o nome dado a um membro de um grupo religioso de tradição protestante, chamado Sociedade Religiosa dos Amigos (Religious Society of Friends). Criada em 1652, pelo inglês George Fox, a Sociedade dos Amigos reagiu contra os abusos da Igreja Anglicana, colocando-se sob a inspiração directa do Espirito Santo. Os membros desta sociedade, ridicularizados com o nome de quakers, ou tremedores, rejeitam qualquer organização clerical, para viver no recolhimento, na pureza moral e na prática activa do pacifismo, da solidariedade e da filantropia.

(Mais uma vez tenho de agradecer à Querida Fbeatriz por mais este tesouro! Bem haja Amiga!)

1 comentário:

Ferncarvalho disse...

Hummm... Acho que o vou pedir emprestado à fbeatriz.
;)
Jocas