"O Grande Conspirador", de David Liss

"Condeno-o à morte por enforcamento, Sr. Weaver, pelo hediondo assassinato que levou a cabo.” Ao ouvir a sentença do juiz, Benjamim Weaver, judeu português, antigo pugilista, actual caçador de criminosos e futuro mestre do disfarce, começa um dos dias mais infelizes da sua vida. Atirado para a terrível prisão londrina de Newgate, Weaver terá de empregar a sua considerável energia e inteligência para fugir para as ruas fedorentas da capital. Na sua mente, apenas um desejo: quem se deu a tanto trabalho para o incriminar por um assassinato que não cometeu? E as coisas só vão piorar, como revela David Liss em O Grande Conspirador, uma novela exuberante na Londres do século XVIII, repleta de acção, aventura, humor e uma teia de conspiração que envolve os mais poderosos do império britânico."

A Minha Opinião:
Muitissimo bom!!!
Neste livro o já conhecido Benjamim Weaver vê-se obrigado a ser ainda mais ardiloso nas suas investigações, já que desta vez é ele próprio quem está condenado à forca por assassinio.
Depois de escapar da prisão e esconder-se atrás de uma nova identidade vais passar por muito até perceber que era apenas um joguete no meio de conjuntura politica e religiosa da sociedade inglesa.
Não fiquei nem um pouco agradada foi com o desfecho dado a Miriam...
Pena é, que apesar do clima de romance, que o nosso heroi ficasse sozinho!
Quem sabe se não haverá mais um livro de memórias de Benjamim Weaver, Judeu Português, Antigo Pugilista, caçador de criminosos e mestre do disfarce ;)
De realçar mais uma vez a excelente pesquisa histórica do autor.


(Mais uma vez, bem haja kittycatss pelo empréstimo e desculpa o tempo que estiveram retidos comigo!)

Sem comentários: