"Uma Vida Quase Perfeita", de Karen Kingsbury

"Jack e Molly Campbell têm uma idílica vida nos arredores de Atlanta com o seu filho adoptado de quatro anos, Joey, até que recebem uma chamada que vai abalar o seu mundo: uma assistente social informa-os de que o pai biológico de Joey saiu da prisão e quer começar uma nova vida com o filho que desconhecia ter. Quando um juiz decide que a criança deve passar a viver com os pais biológicos, os Campbell encontram-se perante uma das situações mais complicadas da sua vida: seguir a lei ou pura e simplesmente desaparecer?"

A Minha Opinião:
Desta autora já tinha lido há algum tempo atrás o "Mil Amanhãs", talvez por isso já estivesse à espera de uma história bem forte, que fizesse mexer todas as nossas emoções.
Deparamo-nos com o que de facto é o amor de uma Mãe por um filho: "...qualquer mãe verdadeira prefere perder um filho do que deixar que lhe aconteça algum mal...", mas o que também chamou a minha atenção foi do amor e cumplicidade entre as duas irmãs :)
Teria muito a dizer sobre este livro, ainda mais sendo um tema de um caso tão actual entre nós, mas não o vou fazer para que todos o possam ler e sentir as emoções que a Autora nos passa de uma forma tão clara.
Num caso como este o que será mais importante: a razão ou o coração???
Este é um livro que sem duvida alguma devem ler!
(Muito Obrigado Fbeatriz por mais esta oportunidade!)

"Nunca Me Esqueças..." de Lesley Pearce

Até onde iria por amor?
Num dia…
Com um gesto apenas…
A vida de Mary mudou para sempre.Naquele que seria o dia mais decisivo da sua vida, Mary - filha de humildes pescadores da Cornualha - traçou o seu destino ao roubar um chapéu. O seu castigo: a forca. A sua única alternativa: recomeçar a vida no outro lado do mundo. Dividida entre o sonho de começar de novo e o terror de não sobreviver a tão dura viagem, Mary ruma à Austrália, à época uma colónia de condenados. O novo continente revela-se um enorme desafio onde tudo é desconhecido… como desconhecida é a assombrosa sensação de encontrar o grande amor da sua vida. Apaixonada, Mary vai bater-se pelos seus sonhos sem reservas ou hesitações. E a sua luta ficará para sempre inscrita na História. Inspirada por uma excepcional história verídica, Lesley Pearse - a rainha do romance inglês - apresenta-nos Mary Broad e, com ela, faz-nos embarcar numa montanha-russa de emoções únicas e inesquecíveis."

A Minha Opinião:
Este é um livro que certamente irei reler.
A História de Mary conseguiu cativar-me...
A sua coragem e dedicação à familia, amigos e não só, merecia muito mais do que o que teve no final.
Um livro muitissimo bem escrito, com descrições pormenorizadas que nos fazem quase "estar" no porão com a Mary, ou mesmo em alto mar, mais ainda quando segui o conselho da F. para seguir o Mapa que está no inicio ;)!

Houve alturas em que quase chorei de raiva por algumas coisas que lhe aconteceram, especialmente com o Will...
Vou ficar atenta a esta escritora ;)

(Muitissimo obrigado Querida Fern2005 por este presente maravilhoso!)

Recomendo... Jeanne Kalogridis (I)

A Noiva Bórgia
Incesto, envenenamento, traição. Três presentes de casamento para... A Noiva Bórgia. Uma perigosa sedutora... O seu impiedoso irmão... E uma mulher inteligente e ambiciosa que se interpõe entre ambos.Sancha de Aragão, uma mulher cheia de vivacidade, chega a Roma recém-casada com um elemento da mal-afamada dinastia Bórgia. Rodeada pela opulência da cidade e pela corrupção política, trava amizade com a deslumbrante e pérfida cunhada, Lucrécia, cujo ciúme é tão lendário quanto a sua beleza. Há quem diga que Lucrécia envenenava as suas rivais, em especial aquelas a quem o seu atraente irmão, César, entregava o coração. Assim, quando Sancha é conquistada pelo charme irresistível de César, tem de esconder este segredo, pois, de outro modo, arriscar-se-ia a perder a vida.Apanhada nas malhas sinistras dos Bórgias, reúne toda a sua coragem e recorre à astúcia para derrotar a família no jogo em que esta é especialista.Combinando vividamente pormenores históricos e ficção, A Noiva Bórgia é uma história arrebatadora de conspiração, intriga sexual, lealdade e suspense.

A Minha Opinião:
Este é um livro que já li e já reli!
Ler a vida emocionante de Sancha de Aragão, uma menina rebelde que se tornou numa magnifica mulher, foi sem duvida maravilhoso!
Entramos no mundo dos Bórgia, um mundo de corrupção mesmo no centro do Clero, que retrata bem a decadência da Igreja naquela altura.
Voltei a reencontrar Lucrécia, mas de uma prespectiva diferente, não tão segura de si nem tão má como a História dos Bórgia a descreve.
O Noiva Bórgia está sem duvida entre os melhores Romances Históricos que já li.
Para quem aprecia o género, este é mesmo um livro a não perder ;)

"Colheita Sangrenta", de Dashiell Hammett

"Um agente da Continental é contratado para resolver um caso em Personville, mais conhecida por Poisonville, uma cidade mineira sem lei nas mãos de gangsters. Porém, quando chega a Personville, a pessoa que o contratou é assassinada.O pai da vítima, que fora dono e senhor da cidade até ter contratado homens pouco escrupulosos para controlar uma greve de trabalhadores, convence-o a ficar para se livrar dos “invasores” e o agente da Continental vê-se obrigado a usar os mesmos métodos dos seus oponentes num cenário sangrento."

A Minha Opinião:
Li-o de um folego :)
Um livro com uma linguagem bastante dura, mas que se lê muitissimo bem, fez-me lembrar a rudeza das palavras dos livros da Martina Cole.
Um detective, crimes, gangsters e claro que tinha de ter uma senhora bem bonita e de olhos azuis.
Não sendo muito fã deste tipo de escrita devo confessar que fiquei agradávelmente surpreendida pois a história desenvolve-se de uma maneira bastante rápida o que leva o leitor a "devorar" as páginas.

Mais um livrito da Fbeatriz e do Segredo dos Livros.
Bem Haja Amiga.

"Irmãs tão Queridas" de Eileen Goudge

"Uma história de amor e traição no delicioso universo do chocolate.Eve e Dolly são duas irmãs que tentam vingar no cintilante mundo de Hollywood dos anos 50. Para alcançar o estrelato, Dolly trai a irmã, que morre tragicamente mais tarde, deixando duas filhas, Annie e Laurel – uma nova geração que herda o relacionamento conflituoso que marcou a família.Annie e Laurel não podiam ser mais diferentes. Annie é independente e, com o seu glamour natural e refinado sentido de negócios, cria uma fabulosa loja de chocolates: a Tout de Suite, em Madison Avenue. Em contrapartida, Laurel é delicada e sensível, e, apesar de se tornar uma conhecida ilustradora, a verdade é que nunca deixa de sentir que vive na sombra da irmã.Só que entre tudo o que as distingue, afinal Annie e Laurel têm algo em comum: amam o mesmo homem."

A Minha Opinião:
Gostei bastante.
A história desenrola-se ao longo de 30 anos começando por nos relatar as desavenças de Dolly e Eve, 2 irmãs em busca da fama no mundo do cinema muitas vezes não olhando a meios para a atingir, o que acaba por as separar drásticamente.
A carreira de Eve acaba por desmoronar por culpa de Dolly.
Anos mais tarde, com a morte de Eve Dolly acaba por reencontrar as 2 sobrinhas e ajudá-las por remorsos mas também por Amor.
A vida destas 2 irmãs, Annie e Laurel, vai passar por por muitos encontros e desencontros, traições, mentiras mas também muito Amor o que fará com que a vida lhes sorria no final, mas não da forma como esperamos ;) pois a autora mantém tudo em aberto até ao final.
De referir ainda as referencias ao chocolate! Para quem é guloso é maravilhosa a descrição das trufas feitas pela Annie e da Feira de Chocolate!
A história é-nos contada de uma forma engraçada já que a autora relata os factos mas muito à frente na história é que nos mostra o que originou a esses factos. Vai deixando "pontas soltas" ao longo de toda história de maneira a manter sempre o leitor interessado.
Um livro a não perder.

Bem Haja Fbeatriz por me dares a possibilidades de tão boas leituras!
Segredo dos Livros

Prémio Blog de Ouro

Bem Haja O Paraiso é uma especie de Livraria pelo prémio fiquei muito contente, eu que ando nestas andanças da Blogosfera à tão pouco tempo...

Então cá vos deixo as Regras para a atribuição do meu prémio:

- copiar o prémio e colocar no blogue
- fazer referência do nome de quem atribuíu o prémio e colocar no blogue
- presentear seis mulheres cujos blogues sejam uma inspiração para si
E eu inspiro-me muitas vezes nos seguinte Blogues:

Hum...

You're Anne of Green Gables!

by L.M. Montgomery

Bright, chipper, vivid, but with the emotional fortitude of cottage
cheese, you make quite an impression on everyone you meet. You're impulsive, rash, honest.

People hurt your feelings constantly, but your brazen honestly doesn't exactly treat others with kid gloves. Ultimately, though, you win the hearts and minds of everyone that matters.
You spell your name with an E and you want everyone to know about it.

Take the Book Quiz
at the
Blue Pyramid.

Há anos que tento encontrar este livro!!!!!!!! Era uma das series da minha infancia que eu via e revia vezes sem conta...

Por acaso alguém tem? ;)

2008...

O ano que passou foi bastante rico em leituras...
Li cerca 100 livros e não há nenhum que não tenha realmente valido a pena, mas de todos eles tenho de destacar os que realmente me fizeram ficar acordada para ler só mais um bocadinho ou que me fizeram "sair" do mundo real mais do que o costume, foram eles:


Os Pilares da Terra Vols. I e II, de Ken Follett

O Pássaro de Caxemira, de Linda Holeman

O Rio da Flores, de Miguel Sousa Tavares

A Viagem de Morgan, de Colleen McCullough

Tudo Por Amor, de Jodi Picoult

Em Troca de Um Coração, de Jodi Picoult

Se me Pudesses Ver Agora, de Cecelia Ahern

A Árvore dos Segredos, de Santa Montefíore


Descobri maravilhosos autores dos quais destaco Ken Follett, Luanne Rice, Santa Montefíore, Cecelia Ahern, Rosa Lobato Faria e Terry McMillan, mas melhor que isso foi que consegui ler um livro inteirinho de José Saramago, vamos ver se neste anos de 2009 consigo nova proeza!
Bom Ano e Boas Leituras para todos!
Um Bem haja muito especial às meninas que me deram oportunidade de tantas leituras maravilhosas... vocês sabem quem são ;)

"Espero por ti este Inverno", de Luanne Rice

"Com o seu incomparável dom para descrever as alegrias e os desafios do amor e da família, Luanne Rice leva agora os leitores numa viagem emocional pelo território inexplorado entre mães e filhas e pais e filhos. Um romance cativante que vai ao passado para encontrar a chave para um futuro sem limites. Neve Halloran e a filha partilham o amor pela beleza austera de Rhode Island desde que Neve ajudou Mickey a dar os primeiros passos na costa arenosa. Agora, com Mickey já na adolescência e tendo Neve perdido a esperança de ser feliz com o ex-marido, ambas vão lutar por uma nova vida no meio da paisagem ventosa que as sustém. Apaixonada pela reserva natural da zona, Mickey avança em direcção à vida adulta na companhia de um rapaz solitário que partilha o seu amor pelos animais. E Neve irá sentir-se atraída por um homem que dedicou a vida a essa reserva, mas que é incapaz de partilhar a dor de uma perda recente.
Lírico, luminoso, absolutamente cativante, Espero por ti este Inverno é um livro marcante que explora de forma comovente os laços que nos moldam e, simultaneamente, nos libertam."

A Minha Opinião:
Se já tinha ficado rendida à autora com o "A Minha verdade é o Amor", com este livro ela excedeu completamente as expectativas.
A história gira à volta de um mocho bufo-branco e um Submarino alemão, que farão com que todos os protagonistas saltem das suas "conhas" recheadas de tristezas e desespero e acordar para a vida e o Amor.
Mickey descobre o seu primeiro Amor, mas descobre também que por vezes ajudar nem sempre é "passar a mão pela cabeça" de quem erra.
Neve e Tim percebem que ainda é possivél voltar a amar apesar das grandes perdas que já sofreram e Joe consegue por fim resolver todos os problemas
com os "fantasmas" da Guerra.
A autora consegue abordar os mais variados temas sempre arranjando um elo de ligação entre todos eles de uma maneira bem simples.
Temos Divórcio, problemas de adolescencia, alcoolismo, crises entre pais e filhos, traumatismos de guerra, um Submarino Alemão e morte...
No final tudo se resume ao Amor e à Compreensão de parte a parte que por vezes deixamos de lado por só vermos os nossos problemas.
Um livro sublime e maravilhoso que aconselho a que todos leiam.

"O Segredo de Skakespeare", de Jennifer Lee Carrell

"Kate Shelton, uma excêntrica directora de produção do teatro Globe envolvida numa produção de uma peça de Shakespeare, recebe da amiga Roslind Howard uma misteriosa caixa com a indicação de conter uma descoberta assombrosa. Porém, antes de Kate se debruçar sobre essa intrigante segredo, o teatro arde e um dos actores é assassinado. Dentro da caixa Kate encontra a primeira peça de um quebra-cabeças shakesperiano, conduzindo-a a uma caça ao tesouro alucinante. Desde Londres a Harvard, Kate tentará escapar a um assassino que tudo fará para ficar na posse do segredo de Shakespeare."

A Minha Opinião:
Um livro denso mas maravilhoso.
Há uma busca incessante por uma peça desaparecida de Shakespeare, mas mais que tudo pela verdadeira identidade do próprio Shakespeare, tudo isto misturado com assassinios, fugas mirabolantes e ainda tudo interligado com muitas cenas das peças do grande dramaturgo Inglês.
Este é sem duvida um daqueles livros que nos faz ADORAR ler!

William Shakespeare
É certo que muito pouco se sabe sobre a vida de William Shakespeare. Shakespeare nasceu e foi criado em Stratford-upon-Avon. Entre os anos 1585 e 1592, William começou uma carreira bem-sucedida em Londres como actor, dramaturgo e proprietário da companhia de teatro Lord Chamberlain's Men, mais tarde conhecida como King's Men. Parece que ele reformou a Stratford em torno de 1613, morrendo três anos depois.
Há especulações sobre sua sexualidade, sobre suas convicções religiosas, e sobre a autoria de suas peças, pois há especulativas que na realidade ele pode nunca ter existido, isto é, talvez suas obras tenham sido compostas por outras pessoas. Essa última especulação é extensa e tem diversas suposições, desde a de que esses autores assinavam como William Shakespeare, escondendo sua identidade, até a de que William Shakespeare foi provavelmente um ator passando-se como o autor das obras, que na verdade eram compostas por outros dramaturgos.
Produziu suas obras mais famosas entre 1590 e 1613. Suas primeiras peças foram principalmente comédias e histórias, gêneros do qual ele refinou com sofisticação. Em seguida, escreveu principalmente tragédias até 1608, incluindo Hamlet, Rei lear e Macbeth, considerados alguns dos melhores exemplos do idioma inglês. Em sua última fase, escreveu tragicomédias e colaborou com outros dramaturgos. Shakespeare era um respeitado poeta e dramaturgo em sua época, mas sua reputação só chegou ao nível em que está hoje a partir do século XIX. O Romantismo, em particular, aclamou a genialidade de Shakespeare.
A maioria das informações que se fazem acerca de William Shakespeare são meras especulações derivadas de estudos, leituras, interpretações, pontos de vistas, hipóteses, lógicas. A única coisa de que se tem certeza absoluta é que as peças atribuídas a Shakespeare marcaram praticamente todos os séculos seguintes, começando pelo tempo em que viveu.
(Winkipédia)
(Bem Haja Ligiafteixeira por mais esta maravilhosa história!)