"Cruel Abandono", de Penny Vincenzi

"Numa noite de 1986, uma bebé recém-nascida é encontrada abandonada no aeroporto de Heathrow. Goradas as investigações, a criança é entregue às autoridades e posteriormente adoptada.Passados quinze anos, a bebé, Kate, é já uma bela adolescente, aspirante a modelo, que decide procurar a mãe biológica.Essa busca vai reunir três mulheres - Martha, Clio e Jocasta - que 16 anos antes se tinham conhecido, casualmente, durante uma viagem à Tailândia.As três amigas têm agora vidas agitadas mas bem-sucedidas, cheias de preocupações profissionais e de relações amorosas nem sempre fáceis. Martha continua solteira e é uma advogada de sucesso; Clio é uma médica presa a um casamento falhado; Jocasta é uma jornalista apaixonada por um homem com pavor dos compromissos.Kate irá concretizar o seu desejo de conhecer a mãe biológica, mas isso obrigará a que seja revelado um segredo que uma das mulheres guardara ciosamente ao longo de todos esses anos..."

A Minha Opinião:
Um livro com uma história muito boa mas que peca pela sua extensão! São 633 páginas em que mais de metade poderiam perfeitamente ser deispensadas e a história continuaria lá e talvez até mais apelativa.
Custou-me um pouco a ler devido a isso mesmo pois a autora cria personagens e mais personagens que muitas delas seriam bem dispensáveis para os pontos importantes de toda a trama.
Martha, Clio e Jocasta conhecem-se numa viagem à Tailândia, onde se divertem e partilham o prazer de ter 18 anos e uma vida inteira pela frente, com muitos sonhos, projectos de vida... e não só ;)
A Viagem termina e cada uma segue o seu caminho.
Dezasseis anos depois voltam a cruzar-se as três todas elas com a vida virada do avesso, podendo nessa altura comprovarem se o seus sonhos e projectos foram então conseguidos.
No meio das suas vidas surge Kate, uma adolescente que foi abandonada depois de nascer e que tem como objectivo encontrar a sua mãe biológica. Este é o ponto fulcral da história, e o que nos leva a continuar sempre a leitura deste livro enorme é a capacidade da autora de chegar até quase ao final sempre dando pistas de quem é a mãe e ao mesmo tempo retirar logos as certezas de que sabemos já tudo.
Bem, quanto ao final fiquei um pouco desapontada com alguns desfechos das personagens principais mas mesmo assim este foi um livro de que gostei apesar de ter tantas páginas que não faziam falta nenhuma.
(Bem haja ao site Segredo dos Livros)

4 comentários:

bauny disse...

Humm... nunca li nada desta autora, mas parece-me bem não começar por este... ;)

Bjs e boas leituras!

Ferncarvalho disse...

Ainda tenho lá o Escândalo por ler... parece-me que tb tem mta "palha" pelo meio.

Bjs

O Cantinho da Mimi disse...

Olá...

Dá uma espreitadela no meu blog ;)
www.ocantinhodamimi.blogspot.com

Beijos*

O meu boguinho de notas ... disse...

Olá.
Encontrei teu blog numa pesquisa (relacionada com Penny Vincenzi) dei uma olhadela e gostei.
Vai-me ser muito útil...
É que retomei a leitura,depois de muito tempo..e comprei o 'Escândalo' mas pelos coments parece que a escolha não foi a mais acertada !?!
Mas agora sei que poderei contar com as tuas dicas. :)
Obrigada
Bjinhos*