"Feitiços de Amor", de Barbara Bretton

Parece uma vila bucólica igual a tantas outras, mas esconde um segredo antigo de todos os visitantes… Sugar Maple é uma terra encantada habitada por feiticeiras, fadas, vampiros e outras criaturas mágicas. Chloe Hobbs é a única que não tem poderes especiais naquele lugar onde nada é o que parece. Chloe é a proprietária da Sticks & Strings, uma popular loja de artigos de tricô. Mas é também a última descendente de uma longa dinastia de feiticeiras com o futuro de Sugar Maple nas mãos.
Chloe sabe que tem de se apaixonar para receber os poderes mágicos e continuar a proteger a sua terra natal. Mas, aos 30 anos, ainda sonha com o verdadeiro amor e as amigas decidem lançar feitiços para a ajudar a encontrar o homem dos seus sonhos. O que ninguém esperava era que Chloe se apaixonasse perdidamente por Luke MacKenzie, o polícia destacado para investigar o primeiro crime ocorrido em Sugar Maple e cem por cento humano. Se o amor abre finalmente a porta aos seus poderes mágicos, esses mesmos poderes impedem Chloe de sonhar com um futuro ao lado de Luke…
Feitiços de Amor é o primeiro livro de uma nova série da autora em que o amor, a magia e o mistério se combinam e penetram na vida dos habitantes de uma terra encantada...

A Minha Opinião:
Há alturas que nos aprecem livros que são como uma lufada de ar fresco nas nossas leituras e este é sem duvida um excelente exemplo disso :)
Numa altura em que as minha leituras andam meio encalhadas, pego neste maravilhoso livrinho e devoro-o num instante, fazendo com que a vontade de ler regresse em grande :P
Uma história recheada de personagens bastante peculiares, desde as feiticeiras aos lobisomens há um pouco de tudo, mas a personagem mais importante é sem duvida Chloe, filha de uma feiticeira mas sem quaiquer poderes, o seu unico dom é o de tricotar maravilhosamente bem.
Uma história com todos os ingredientes, amor, suspense e uma boa dose de humor.
Adorei os truques do final e confesso que sinto uma certa inveja do grande cesto de lã de Chloe... aquele que nunca se esgota...
Este é um livro que não devem perder :P

2 comentários:

Neptuno_avista disse...

Olá!!

Esse foi o último livro que comprei e que li e foi realmente uma lufada de ar fresco (mas no meu caso foi, porque era uma forma de respirar quando estava imersa nos estudos por causa dos exames universitários). Adorei mesmo!! E espero que a autora continue a escrever :D

Ferncarvalho disse...

Eu não ía escrever isto, mas... tem de ser...Eu disse-te!!
É mesmo uma lufada de ar fresco.
E não te deu uma imensa vontade de ir comprar lãs naquela loja???

Mil beijos