Resultado do Passatempo - "Às Minhas Filhas"

Mais um passatempo que chega ao fim cá estou eu com as resposta às questões e o vencedor ;)
Desta vez tivemos 257 participações, todas elas válidas.
Então cá vai, as resposta pretendidas eram:

1-  4 filhas.
2- Os seus nomes são: Lisa, Jennifer, Hannah e Amanda.
3- Este livro pertence à colecção Grandes Narrativas da Editorial Presença.
4- Fátima Andrade
5- Já foi traduzido em 11 países, são eles: Itália, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Holanda, Alemanha, Coreia, Noruega, Polónia, Dinamarca e Espanha.

O vencedor receberá um exemplar do livro "Às Minhas Filhas".
Agora... o feliz comtemplado é:
 
José Salvador Carrilho Manso »»» Gáfete
 
Parabéns ao vencedor e mais uma vez bem haja a todos os que participaram.
Até breve ;)

"A Historia Interminável" de Michael Ende

 "Faz o que quiseres" é a inscrição que consta do símbolo do poder ilimitado de Fantasia. Mas o jovem Bastian, herói desta aventura, só ao fim de uma longa e árdua busca descobre o que essa frase realmente significa.

A Minha Opinião:
Há já bastante tempo que tinha este pequeno livro na minha montanha de livros para ler, talvez há anos... Será que tenho mais preciosidades assim paradas na minha estante???
Fiquei logo arrebatada pelo pequeno Bastian Baltasar Bux, pois "A paixão de Bastian Baltasar Bux eram os livros."
O pequeno Bastian sentia-se sempre muito infeliz e só por isso acabava por se refugiar nas suas leituras, então numa manhã de chuva a caminho da escola entra na livraria e acaba por roubar um livro, mas esse não era um livro qualquer, esse livro era "A História Interminável".
Vamos acompanhado a leitura de Bastian e ao mesmo tempo "vivendo" com ele as grandes aventuras em Fantasia.
 No final Bastian acabou mesmo por fazer aquilo que realmente queria ;)
Uma história interminável que muitos deveriam ler!!!

"Às Minhas Filhas", de Elizabeth Noble

"Não chorem sobre a minha sepultura,
Pois não estou lá, não adormeci.
Sou um milhar de ventos que sopram,
Sou o o diamante de luz na neve,
Sou o raio de sol no trigo maduro,
Sou a branda chuva de outono.
No silêncio da manhã que desponta,
Sou o adejar rápido e animado
Das aves silenciosas que voam em círculos,
Sou a Luz suave das estrelas à noite.
Não chorem sobre a minha sepultura,
Eu não estou lá, eu não morri.

(Não é perfeito para um funeral no campo?)
Mãe"

A Minha Opinião:
Um romance de uma beleza e simplicidade estonteantes que deve ser lido e relido por Mães, Filhas... familias inteiras, pois conseguimos ver o Amor tal e qual como ele é: belo, triste reconfortante, justo e injusto mas de uma grandiosidade sem limites especialmente quando se é Mãe.
Barbara sabia que ia partir em breve por isso resolveu deixar cartas às suas filhas e um pequeno diário fazendo pequenos relatos da sua vida de modo a contar segredos que nunca partilhara mas também como forma de as ajudar a enfrentar os seus próprios fantasmas.
Mas não se trata apenas de um romance de uma Mãe e as suas filhas mas sim de um belissimo romance que nos mostra a Familia e tudo o que se pode alcançar quando deixamos de lado a teimosia de resolver tudo sozinhos e resolvemos partilhar os problemas com aqueles que mais amamos e que mais nos amam...
Sem duvida um belo e bastante emotivo romance que nos transmite uma belissima mensagem de Amor.

Passatempo - "Às Minhas Filhas" de Elizabeth Noble

Mais uma vez, em parceria com a Editorial Presença tenho um passatempo para vos propor :P
Desta vez o vencedor receberá um exemplar do livro  "Às Minhas Filhas" de Eizabeth Noble.
Como já é habitual colocarei algumas perguntas às quais deverão responder para Aqui juntamente com os vossos dados pessoais (Nome, Morada, Email e Idade).
O passatempo decorre de 17 a 25 de Agosto



Vamos lá então às questões:

1 -  Quantas são as filhas de Barbara?
2 - Quais os seus nomes?
3 - A que Colecção da Editorial Presença pertence este livro?
4 - Qual o nome do/a Tradutor/a deste Romance de Elizabeth Noble para Português?
5 - Para além de Portugal em quantos mais paises foi traduzido?

Aqui vos deixo o site da Autora :)  http://www.elizabethnoblebooks.com/ 
Podem começar a participar!!! 
Boas sorte :P

Regras
- Só serão validadas as participações com todas as respostas correctas e com os dados pessoais solicitados.
- Só é válida uma participação por pessoa.
- Todos os participantes receberão um e-mail de confirmação da recepção das respostas.
- O vencedor será sorteado aleatoriamente pela administração do blogue.
- O vencedor será indicado no blogue e contactados por e-mail nos dias seguintes ao fim do sorteio.
- O envio dos prémios será realizado pela Editorial Presença, via CTT.

"A História de Edgar Sawtelle" de David Wroblewski

Sinopse: "Hamlet recontado com um brilho extraordinário e tendo como cenário uma quinta remota em Wisconsin. Edgar Sawtelle, um menino mudo e muito inteligente, vive uma vida idílica com os pais. Há gerações que os Sawtelle criam uma carinhosa raça de cão, ilustrada na perfeição por Almodine, a companheira de sempre de Edgar. Mas quando o seu pai morre de repente em circunstâncias misteriosas, Edgar culpa-se a si próprio, por não ter podido gritar por socorro. Destroçado pelo romance desesperado da mãe com o tio paterno, o seu mundo muda para sempre quando, certa noite de Primavera, vê o fantasma do pai. Depois da tentativa falhada de provar a culpa do tio, Edgar foge com 3 cães, mas o amor à mãe e aos animais, e a vontade de vingança, levam-no de regresso a casa. Nada é como ele esperava, e terá de se decidir entre a vingança ou a preservação do legado da família."

A Minha Opinião:
Edgar nasce no seio de uma familia de criadores de cães. A sua infância é passada na companhia dos seus belos animais e das suas ninhadas que o próprio Edgar ajudava a nascer e depois a treinar. Mas Edgar não era de todo uma criança normal: nasceu mudo, mas isso não o impediu de comunicar. Criando uma linguagem gestual própria entre ele os pais e os seus cães Edgar leva uma vida bastante pacata até ao aparecimento do seu tio e a morte repentina de seu pai.
Com o decorrer dos tempos e ao encontrar vária correspondencia dos seus antepassados com outros criadores de cãe, Edgar começa a perceber que os Cães Sawtelle realmente não são cães normais. Na busca das respostas às suas perguntas muitos problemas se lhe vão deparar, mas terá sempre a companhia dos seus fieis companheiros.
Este é um livro que nos cativa com as descrições de como o pequeno jovem comunicava com os seus tão preciosos cães e especialmente a relação especial que tinha com a sua cadela Almodine, sua companheira inseparável.
Apenas o final me desiludiu um pouco, mas mesmo assim é um excelente livro :)

"Às Minhas Filhas", de Elizabeth Noble Novidade Editorial Presença

Data de Publicação: 17 Agosto 2010

Sinopse: "Quando lhe é diagnosticado um cancro, Barbara Forbes sabe que não lhe resta muito mais tempo de vida. Com quatro filhas ainda muito dependentes do seu apoio, tem pela frente a difícil missão de as preparar para a grande perda que sabe que a sua morte significará para elas. Mas o seu legado revela também um segredo que guardou durante anos e que virá tumultuar toda a família. Com uma compreensão instintiva da relação mãe-filha, uma grande intensidade emocional e uma escrita soberba, este romance celebra a família, a amizade… e as infinitas possibilidades da vida."

BESTSELLER DO SUNDAY TIMES

Romance já traduzido em: Itália, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Holanda, Alemanha, Coreia, Noruega, Polónia, Dinamarca e Espanha. 
A Autora: Elizabeth Noble é autora de três romances, todos bestsellers do Sunday Times. Às Minhas Filhas é o seu quarto romance. Noble é inglesa e vive em Nova Iorque com o marido e as duas filhas.

Citações de Imprensa Estrangeira
«Só um coração de pedra não se comoveria com este livro.»
Express

«Brilhantemente escrito, profundo e comovente. Impossível não chorar, pelo menos uma vez.»
The Sun

"A Virgem das Amêndoas", de Marina Fiorato

Sinopse: "Na Itália do século XVI, o jovem pintor Bernardino Luini, discípulo favorito do mestre Leonardo da Vinci, é encarregado de pintar um fresco religioso na igreja de Saronno, uma pequena localidade nas colinas da Lombardia. Ao entrar na igreja, a sua atenção é captada pela beleza e pela melancolia da jovem Simonetta, viúva de um poderoso senhor feudal morto em combate.
Sozinha e a ver a sua fortuna desaparecer até não restar nada mais a não ser as amendoeiras da sua villa, Simonetta acede a posar como modelo para Luini, que a imortalizará para sempre nos frescos da igreja como a Virgem di Saronno. À medida que o trabalho progride, artista e modelo apaixonam-se, selando o sentimento com um beijo que escandalizará a Igreja.
À genialidade com que Bernardino imortalizará a sua musa, Simonetta retribui com a criação da sua própria obra de arte: um licor especial fabricado com o fruto das suas amendoeiras. O licor ficará conhecido, até aos dias de hoje, como o famoso Amaretto di Saronno.
Contudo, antes de ambos completarem as suas obras, a relação é fortemente abalada por um acontecimento que porá em perigo aquele amor. E as suas vidas.
Uma inesquecível história de paixão e arte que se desenrola tendo como pano de fundo uma Itália Renascentista, onde a intriga, os escândalos, a guerra e a intolerância religiosa imperavam no dia-a-dia."

A Autora:
Marina Fiorato é de origem Veneziana, nasceu em Manchester e cresceu em Yorkshire Dales. É licenciada em História com pós-graduação pela Universidade de Oxford e pela Universidade de Veneza, onde se especializou no estudo das peças de Shakespeare.
Após a universidade, estudou arte e trabalhou algum tempo como ilustradora e crítica de cinema. Foi também actriz. Também desenhou visuais de tour para bandas de rock, como U2 e Rolling Stones.
Vive no norte de Londres com seu marido, o realizador Sacha Bennett, um filho e uma filha.
É autora de vários livros, entre os quais o best-seller The Glassblower of Murano. A Virgem das Amêndoas é o seu primeiro livro publicado em Portugal pela Porto Editora.

A Minha Opinião:
Um romance histórico mesmo à minha medida :)
Já li vários livros passados na época Renascentista tendo como pano de fundo a Itália e personagens ligados ao grande Leonardo Da Vinci, quando não o próprio Da Vinci.
Logo na primeiras páginas fiquei embrenhada na história, primeiro pelo desespero de Simonetta e depois pelas misteriosa história do Selvaggio... apesar de ter desconfiado logo qual o mistério ;)
Um livro recheado de histórias e lendas, sempre adornado pelas imagens pintadas por Bernardino Luini acompanhadas pelo saboroso Amaretto que acabou por salvar a vida de Simonetta, mas para isso outras se perderam...
A amizade, a dedicação e o Amor estão sempre presentes ao longo de toda a narrativa tornando-a num romance "doce e melodioso".