Passatempo "A Melodia do Adeus"



O Passatempo está quase a chegar ao fim ;)
E para aguçar mais um pouco nossa curiosidade de leitores a Editorial Presença disponibiliza um pequeno excerto do livro com o Prólogo e 1º Capitulo.
Deliciem-se com esta pequena amostra de mais um grande Romance de Nicholas Sparks!!!
Quem ainda não participou ainda está a tempo, o passatempo termina no dia 3 de Novembro :)
Boa Sorte!

"As Cores da Minha Vida", de Teresa Marques


"Este livro é um relato sofrido, contado na primeira pessoa, da vida de uma mulher portuguesa ― independente, apaixonada e determinada ― que atravessa a segunda metade do século XX em luta contra os preconceitos de uma sociedade que asfixiava. É constituído por oito capítulos, cada um identificado por uma cor.
São os acontecimentos que marcam o percurso da personagem principal que determinam cada uma das cores ― as cores da sua vida.
Um país em ditadura, uma gente que vai procurar em África o que aqui não encontrava, uma guerra que deixou feridas ― mas também, as lutas estudantis, o 25 de Abril, a reforma agrária…
Dotada de uma personalidade muito forte, esta mulher é capaz de fazer as suas escolhas pessoais sem se deixar intimidar.
A protagonista deste romance, como muitas outras mulheres portuguesas, soube enfrentar todas as vicissitudes com que se deparou e soube lutar, corajosamente, pelos seus interesses.
Sempre atenta às transformações sociais e políticas que em Portugal e no resto do mundo se faziam sentir, teve a ousadia de viver de acordo com os seus princípios e convic­ções."

A Minha Opinião:
Um livro muito bom, que se lê de um folego. Pequenino mas muito bem recheado ;)
Retrata a conjuntura politica e social do nosso país nas décadas de sessente e setenta, estendo-se depois, mas de forma mais resumida até quase à actualidade, vista pelos olhos de uma mulher lutadora e sempre inconformada com a sua vida.
É como que um diário onde a protagonista nos descreve os problemas que teve de enfrentar com a sua familia e também com a sociedade numa altura em que a mulher era vista como um acessório ao resto da sociedade.
Adorei ler :)

A forma como a autora nos mostra como eram as coisas naquela época, como era a vida dos retornados antes do seu regresso a Portugal e também depois, é feita de uma forma bastante simples que leva o leitor a querer ler tudo seguidinho sem interrupções. A alusão a filmes que marcaram determinada época, fez-me ter vontade de rever os que já vi e ver os que ainda não tive oportunidade. Há também as musica e mesmo a livros que marcaram a protagonista mas que também a ajudaram a ultrapassar os seus problemas mais graves.
Achei engraçado o facto de serem atribuidas cores a cada fase da sua vida, é verdade que às vezes dizemos "a vida está preta" ou "é tudo muito cor-de-rosa", mas sinceramente nunca tinha pensado em fazer isto e agora dou por mim a atribuir cores aos meus dias ;) 
Quanto a passagens que tenha gostado, aqui vos deixo uma:

"Qual é a cor da Saudade? Existe uma cor que traduza a busca de nós mesmos? A procura da nossa identidade? Do rumo da nossa vida?" (Pag. 107)

Depois tenho outra que também adorei e que é uma grande verdade, mas também a mim me acontece ;)

"Emborado preço dos livros seja quase proibitivo, muitas vezes não resisto a comprar algum." (Pag. 124) 

Agora a titulo de curiosidade: o meu dia hoje foi... Azul :)
Um livro excelente, não deixem de ler!

(Mais uma vez bem haja ao Segredos dos Livros!)

Passatempo "A Melodia do Adeus"


Com o apoio da Editorial Presença, tenho o prazer de poder presentear três dos meus leitores com um exemplar de “A Melodia do Adeus”, o novo livro de Nicholas Sparks.

Este passatempo é válido até ao dia 3 de Novembro e para concorrer basta que respondam correctamente às 5 perguntinhas abaixo indicadas.
Tenho três packs compostos por 1 livro+1 saco para oferecer e o participante que ficar em 1º lugar ficará com o único dos exemplares autografados!

Atenção, só poderei aceitar uma participação por morada, que por questões relacionadas com o envio dos prémios, deverá obrigatoriamente ser de Portugal.

Sobre o livro
Pergunta 1: Como se chama o irmão mais novo de Ronnie?

Pergunta 2: À semelhança de anteriores livros deste autor, em breve poderão ver este filme no grande écran. Quem é a actriz que vai reencarnar a personagem de Ronnie?

Sobre o Autor:
Pergunta 3: Como se chama o livro que lançou Nicholas Sparks para o estrelato da literatura romântica?

Pergunta 4: Qual o livro na bibliografia deste autor que pode ser considerado autobiográfico?

Pergunta 5: De todos os livros deste autor que já leste, qual ou quais mais gostaste e porquê?

Vá, procurem bem as respostas que estão à vista de todos, quer no site do autor, quer no site da Editorial Presença. Ah, e aproveitem para ler o excerto do livro. ;) É capaz de ajudar.

Fico à espera das vossas respostas no meu email.

Boa sorte!!!

Porto Editora - Vêem aí Vampiros em Português e Contos Infantis ;)

A Porto Editora volta a apostar nos contos e desafia alguns dos mais reconhecidos escritores portugueses contemporâneos a escreverem para crianças… e sobre vampiros.
Tal como em Contos Policiais (2008), a organização é de Pedro Sena-Lino.
Gonçalo M. Tavares, Hélia Correia, José Eduardo Agualusa, Miguel Esteves Cardoso ou Rui Zink são alguns dos autores convidados.
Princesas, Príncipes, Fadas e Piratas com Problemas é publicado a 29 de Outubro e apresentado em Novembro;
Contos de Vampiros é editado e apresentado a 29 de Outubro.
Nomes como os de Manuel António Pina, com um prefácio, e de Danuta Wojciechowska, com ilustrações, também estão associados às obras.

Contos de Vampiros
Autor: vários
N.º de Págs.: 144
Capa: mole
PVP: 14,90 €
Cláudia Gomes explica que contribuiu para a escolha do tema o facto de ser «diferente» e ainda de constituir um «desafio». No entanto, realça que tanto Pedro Sena-Lino, como a equipa editorial que lidera «já andavam a seguir este fenómeno nos meios internacionais e tudo apontava para que a apetência por estes seres viesse a crescer». Sinopse:Por favor não me leia o pescoço. Lembra-se do filme? Agora tem um livro: nove terríveis contos de vampiros, originais e assinados por autores portugueses contemporâneos, directamente para os seus maiores receios de leitor!A partir do momento em que iniciar a leitura, a responsabilidade é inteiramente sua.




Princesas, Príncipes, Fadas e Piratas com Problemas
Autor: vários
N.º de Págs.: 112
Capa: dura
PVP: 14,50 €

Este título, tal como refere Manuel António Pina no prefácio, reúne «seis escritores com distintos percursos literários», que «respondem ao desafio de escreverem textos originais a partir de um tema inesperado e provocador». E também estranhamente pouco explorado, defende Pedro Sena-Lino: «o investimento no tema do pirata deixa-nos pensar como é que um país, tão vítima de ataques de pirataria ao longo de séculos de dominação marítima, não explora mais o tema». Sinopse:Afinal, os heróis são iguaizinhos a ti. Têm sonhos, projectos, e monstros debaixo da cama. Um dia levantam-se e tornam-se grandes lutadores! Este livro, com histórias de piratas, fadas, princesas e príncipes com problemas, foi feito para ti. Queres lê-lo? Para te tornares um herói nas aventuras deles, e nas tuas próprias aventuras?

"A Dádiva" de Toni Morrisson

"Da autoria da primeira mulher negra a ser distinguida com o Prémio Nobel da Literatura (1993), A Dádiva é um romance extraordinário que se passa na América do Norte de finais do século XVII. Profundas divisões sociais e religiosas, opressões e preconceitos exacerbados propiciam o cenário ideal para a implantação da escravatura e do ódio racial. Jacob Vaark é um comerciante anglo-holandês que apesar de se manter à parte do negócio dos escravos, que então dá os primeiros passos, acaba por aceitar uma menina negra, Florens, como pagamento de uma dívida de um fazendeiro de Maryland. Nesta parábola do nascimento traumático dos Estados Unidos, Morrison revela-nos o que se esconde sob a superfície de qualquer tipo de sujeição, incluindo a da paixão, e o quanto essa falta de liberdade é nociva para a alma."

A Minha Opinião:
Em primeiro lugar quero dizer que adorei a capa e o marcador. Consegue-se entrar na história com a imagem da criança do marcador com os sapatos da capa ;)
Neste excelente Romance Histórico a Autora toca num nos maiores pontos fracos de toda a Humanidade: A Liberdade.
Numa altura em que muito se abusava do ser humano, de uma forma cruel, recorrendo a justificações como a cor da pele, a religião ou a simples posição social, quatro mulheres tentam a todo o custo sobreviver aos dissabores da sua vida e encontrar a sua liberdade.
Cada uma à sua maneira têem a sua escravidão e a sua liberdade...
A Autora enquadra cada personagem na história de uma forma sublime e com descrições pormenorizadas das suas vidas, livres ou não, e a forma como os seus destinhos se cruzam... e temos também uma outra Mulher, que essa sim, no meu ponto de vista conseguiu a sua liberdade quando abdicou de um dos seus maiores tesouros, pois elas sabia que "...receber domínio sobre outro é errado; dar domínio de si mesmo a outro é uma coisa perversa." (Pag. 137).
Esta leitura levou-me a questionar: o que é a Liberdade ? Será que nos dias que correm não somos nós mesmos, muitas vezes, escravos da nossa própria liberdade? Saberemos o que é realmente a liberdade?

"Não sei qual é a sensação nem o que significa, ser livre ou não ser livre." (Pag. 60)

Com uma escrita, por vezes complexa, que nos faz voltar atrás várias vezes durante a leitura, a autora transmite-nos uma verdadeira lição de vida, com muitas passagens poéticas que nos tocam a alma.

"...De súbito um lençol de pardais cai do céu e instala-se nas árvores. São tantos que das árvores parecem brotar pássarosJustificar completamente e não. de modo algum, folhas. (...) Nós nunca moldamos o mundo. O mundo molda-nos a nós. Súbita e silenciosamente, os pardais desaparecem." (Pag. 62)

Os meus parabéns à Editorial Presença pela edição deste pequeno Grande livro.
Espero que em breve editem mais desta excelente Autora que só agora tive o prazer de ler.
Não percam a oportunidade de ler "A Dádiva" e vejam como por vezes com uma dádiva conseguimos atingir uma liberdade plena ;)
Este é mais um daqueles livros que eu aconselho a que todos a leiam, pois não é apenas mais um Romance Histórico, mas também uma chamada de atenção à Liberdade, ao Amor, à Amizade e ao Respeito pelo próximo.

"Cruel Abandono", de Penny Vincenzi

"Numa noite de 1986, uma bebé recém-nascida é encontrada abandonada no aeroporto de Heathrow. Goradas as investigações, a criança é entregue às autoridades e posteriormente adoptada.Passados quinze anos, a bebé, Kate, é já uma bela adolescente, aspirante a modelo, que decide procurar a mãe biológica.Essa busca vai reunir três mulheres - Martha, Clio e Jocasta - que 16 anos antes se tinham conhecido, casualmente, durante uma viagem à Tailândia.As três amigas têm agora vidas agitadas mas bem-sucedidas, cheias de preocupações profissionais e de relações amorosas nem sempre fáceis. Martha continua solteira e é uma advogada de sucesso; Clio é uma médica presa a um casamento falhado; Jocasta é uma jornalista apaixonada por um homem com pavor dos compromissos.Kate irá concretizar o seu desejo de conhecer a mãe biológica, mas isso obrigará a que seja revelado um segredo que uma das mulheres guardara ciosamente ao longo de todos esses anos..."

A Minha Opinião:
Um livro com uma história muito boa mas que peca pela sua extensão! São 633 páginas em que mais de metade poderiam perfeitamente ser deispensadas e a história continuaria lá e talvez até mais apelativa.
Custou-me um pouco a ler devido a isso mesmo pois a autora cria personagens e mais personagens que muitas delas seriam bem dispensáveis para os pontos importantes de toda a trama.
Martha, Clio e Jocasta conhecem-se numa viagem à Tailândia, onde se divertem e partilham o prazer de ter 18 anos e uma vida inteira pela frente, com muitos sonhos, projectos de vida... e não só ;)
A Viagem termina e cada uma segue o seu caminho.
Dezasseis anos depois voltam a cruzar-se as três todas elas com a vida virada do avesso, podendo nessa altura comprovarem se o seus sonhos e projectos foram então conseguidos.
No meio das suas vidas surge Kate, uma adolescente que foi abandonada depois de nascer e que tem como objectivo encontrar a sua mãe biológica. Este é o ponto fulcral da história, e o que nos leva a continuar sempre a leitura deste livro enorme é a capacidade da autora de chegar até quase ao final sempre dando pistas de quem é a mãe e ao mesmo tempo retirar logos as certezas de que sabemos já tudo.
Bem, quanto ao final fiquei um pouco desapontada com alguns desfechos das personagens principais mas mesmo assim este foi um livro de que gostei apesar de ter tantas páginas que não faziam falta nenhuma.
(Bem haja ao site Segredo dos Livros)

"A Melodia do Adeus" de Nicholas Sparks

É com grande prazer que este blog apresenta, em parceria com a Editorial Presença, o NOVO LIVRO DO MESTRE DO AMOR, NICHOLAS SPARKS!

A data de publicação será no próximo dia 3 de Novembro de 2009

Sinopse:
Com apenas dezassete anos, Ronnie vê a sua vida virada do avesso quando o casamento dos pais chega ao fim e o pai se muda da cidade de Nova Iorque, onde vivem, para Wrightsville Beach, uma pequena cidade costeira na Carolina do Norte. Três anos não são suficientes para apaziguar o seu ressentimento, e quando passa um Verão na companhia do pai, Ronnie rejeita com rebeldia todas as tentativas de aproximação, ameaçando antecipar o seu regresso a Nova Iorque. Mas será em Wrightsville Beach que Ronnie irá descobrir a beleza do primeiro amor, quando conhece Will e se deixa tomar por uma paixão irrefreável e de efeitos devastadores. Nicholas Sparks é, como sabemos, um mestre da moderna trama amorosa, e, em A Melodia do Adeus, usa de extrema sensibilidade para abordar a força e a vulnerabilidade que envolvem o primeiro encontro com o amor e o seu imenso poder para ferir… e curar.

Nicholas Sparks é um autor consagrado internacionalmente pelo público e líder de vendas que há mais de uma década encanta os leitores com narrativas que exploram os profundos mistérios do coração e que o estabeleceram como um dos escritores mais acarinhados em todo o mundo.

CITAÇÕES DE IMPRENSA PORTUGUESA


«Um dos autores que mais vendem no mundo.» - Diário de Notícias

«O menino de ouro da ficção norte-americana.» - Correio da Manhã

«Um dos autores mais lidos em Portugal e no mundo.» - Jornal de Notícias


Mantenham-se atentos pois em breve teremos uma surpresa por aqui!!

"A Dádiva" - Novidade da Editorial Presença ;)


Presença publica A Dádiva de Toni Morrison, Prémio Nobel da Literatura em 1993

Considerado O MELHOR ROMANCE DO ANO, pelo Sunday Times e UM DOS MELHORES 10 LIVROS DO ANO DE 2008, pelo The New York Times.

Da autoria da primeira mulher negra a ser distinguida com o Prémio Nobel da Literatura (1993), A Dádiva é um romance extraordinário que se passa na América do Norte de finais do século XVII. Profundas divisões sociais e religiosas, opressões e preconceitos exacerbados propiciam o cenário ideal para a implantação da escravatura e do ódio racial. Jacob Vaark é um comerciante anglo-holandês que apesar de se manter à parte do negócio dos escravos, que então dá os primeiros passos, acaba por aceitar uma menina negra, Florens, como pagamento de uma dívida de um fazendeiro de Maryland. Nesta parábola do nascimento traumático dos Estados Unidos, Morrison revela-nos o que se esconde sob a superfície de qualquer tipo de sujeição, incluindo a da paixão, e o quanto essa falta de liberdade é nociva para a alma.
A Autora:
Toni Morrison foi laureada com o Prémio Nobel da Literatura em 1993 e recebeu ainda dois outros prémios literários de grande prestígio – o Pulitzer Prize, em 1988, e o National Book Critics Circle Award, em 1977. Foi professora de Inglês na Universidade de Howard, titular da Cátedra Albert Schweitzer em Humanidades na Universidade do Estado de Nova Iorque, em Albany, e titular da Cátedra Robert F. Goheen em Humanidades na Universidade de Princeton. Foi editora sénior na Random House, em Nova Iorque durante cerca de vinte anos. Com uma vasta obra literária publicada, Toni Morrison é uma referência incontornável da literatura norte-americana contemporânea.

CITAÇÕES IMPRENSA ESTRANGEIRA
«A Dádiva é de tal forma cativante que vai querer lê-lo e relê-lo.»
The Sunday Times
«Esta pequena obra-prima é um misto de poesia, história e rigor psicológico. Incontornável.»
The Washington Post

«Variado, peremptório e muitas vezes belo.»
The New Yorker
Data de Publicação: 20 de Outubro 2009

"O Sangue da Terra", de Sofia Marrecas Ferreira

"Tomasa, a mãe, e Catarina, a filha: entre Lisboa, o Alentejo e Paris, duas gerações de mulheres em busca da felicidade e de sentido para as suas vidas; duas mulheres que, através do trabalho, das suas opções e do seu talento, tentam ultrapassar a solidão, a loucura e a morte. Um hino às mulheres, à força com que se entregam ao amor e às suas paixões, à coragem com que assumem as suas escolhas e a sua liberdade."

A Minha Opinião:
Este livro foi uma da minhas companhias deste fim de semana.
Confesso que estava à espera de uma história bem diferente, não sei quão diferente, mas o facto é que estava convencida (talvez pela capa e titulo) de uma história com mais acção e mais "Sangue da Terra".
Apesar de tudo não me dsesiludiu :)
Temos Tomasa que abdica de tudo em prol do seu grande Amor e da sua filha, e quando percebe tudo aquilo que passou acababa por se entregar a um mundo de desespero só seu. A sua Filha depois de se aperceber do grande erro da sua mãe tenta a todo o custo viver a sua vida de forma diferente, mas as teias do destino são sempre bastante traiçoeiras.
O culminar de toda a história acaba por ser no meio do Alentejo onde mãe e Filha encontram alguma paz e acabam por ajudar mais uma vitima de amores impossiveis: Rafaela.
O final para mim foi sublime, mostrou-me que o mais importante é aprendermos com os nossos erros, mas também com os dos outros.
Gostei bastante da forma de escrever da autora e da forma como deu sempre grande importância aos detalhes de cada personagem, caracterizando cada uma de uma forma bastante singular.
Nesta história de encontros e desencontros, de muita dor e perda ficou-me uma bela pergunta:

"Sabes quanto pesa uma lágrima, Filha?" (pag.69)

Gostei e recomendo ;)
Uma Autora que não conhecia e que pretendo conhecer melhor.

(Bem haja ao Site Segredos dos Livros)